10/03/2010

Desabafo


Daí que a minha tia cismou que eu preciso casar. Daí que ela resolveu arrumar o pretendente. Daí que o tal pretendente perguntou se sou bonita. Minha tia disse que sim, mas que estou um pouco "cheinha". Aí ele pediu pra ver uma foto antes de me conhecer. Então quer dizer que se ele não gostar da embalagem, o produto aqui tornar-se-á (noooossa, tô inspirada!) completamente descartável. Sabe o que respondi:

-Tia, pode dizer que não quero conhecê-lo, se ele não se interessa pelo que eu sou, mas pelo que apresento, esse aí é que é descartável pra mim. Dispenso!


Agora me diz, estou sendo chata e exigente demais?

Se o cara, antes de saber quem sou me julga pela aparência, não é melhor ficar sozinha? Por que pra ser feliz temos que ser magras, lindas e capas de revista? Gordo não é feliz?

Ah, lembrei! Vi uma entrevista do Léo Jaime ontem, dizendo que as pessoas acham que gordo é relaxado e mau caráter, e que ele já perdeu muita oportunidade de emprego por estar acima do peso.

O que mais esperar de uma sociedade preconceituosa como a nossa?

3 comentários:

Andréa Vieira disse...

Elaine,

Não se sinta mal com isso nem fique chateada, as pessoas são muito preconceituosas e muitas vezes começa dentro de nossa casa, com nossos familiares. Comigo acontece o mesmo, minha família não entende que vivo bem com meus quilos extras e descarregam sobre mim muita discriminação. Você fez o certo, com certeza encontrará alguém que vai valorizá-la pelo que você é.
Um abraço!

Luciano disse...

Querida, a vida é feita de escolhas. E esse sujeito fez a escolha dele: deixar de conhecer a pessoa maravilhosa que tenho certeza que vc é! Não se deixe abater por isso, vai aparecer coisa muito melhor, vc merece.
Beijos do amigo
Luciano Portela

Carla disse...

Amiga, não se preocupe com isso, pessoas que julgam pela aparência não tem nada de bom pra oferecer e acaba sozinho. Vc é muito mais que isso e sei que tem separado pra vc (e pra mim também, rs.) alguém muito especial. Estou longe, mas muito presente no pensamento.
Te adoro! Mil beijinhos...