12/11/2009

Eu, no apagão...


*Estava em um barzinho com uma amiga;

*Fiquei quase uma hora aguardando a luz voltar pra passar cartão, aí me dei conta da dimensão do problema e, sorte minha, a amiga tinha dindin (o que seria de nós sem amigos?);

*Entrei no primeiro táxi que vi pela frente, nem olhei a cara do motorista (também, não dava pra enxergar, hehe!);

*Cheguei em casa sã e salva, thank god!

*Fiquei escutando as notícias pelo celular, engraçado que ouvi várias rádios e em cada uma dava uma nota diferente sobre o assunto, enquanto uma falava que o blecaute ocorria no Brasil inteiro, outra se limitava ao eixo Rio-Sampa, uma dizia que o problema era em Itaipu, já a outra dizia que a culpa era de Furnas, achei graça desse desencontro de informações e do "achismo" dos locutores que na falta de assunto lia e-mails engraçadinhos daqueles que como eu, estavam sofrendo de insônia;

*Às 2 da manhã finalmente consegui pegar no sono e às 3:15 acordei com o ventilador de teto e a luz acesa na minha cara.

*Trabalhei no dia seguinte com cara de sono.


Então, sobrevivi ao apagão! (rimou, hehehehe...)

Um comentário:

Carla disse...

Eu estava na facul, justamente na aula de um professor chaaaato... Acho que foi a força do pensamento da galera que já tava quase dormindo na sala kkkkkkkk.......